Bullet Journal para estudantes de concurso públicos

11/10/2017 Por: Cibele Aviles
 bullet journal

Organização, produtividade e tempo é tudo o que estudantes de concursos mais necessitam e buscam. O dia-a-dia corrido e atarefado precisa de metas bem definidas e, principalmente, foco no que é realmente necessário.


Uma ferramenta que tem estado em alta para essa organização é o Bullet Journal, um caderno montado de acordo com as necessidades e rotina individuais, no qual são descritas todas as tarefas pessoais e profissionais diárias, mensais e anuais de forma simples e ordenada. Por ser algo fisicamente pequeno, ele pode ser levado para onde for preciso.


Carinhosamente chamado de Bujo, este método, que facilita as pessoas visualizarem os vários passos que são necessários para alcançar seus objetivos, foi criado pelo designer americano Ryder Carroll e tem como objetivo “rastrear o passado, organizar o presente e se preparar para o futuro”, segundo o autor.


O método ganhou a internet em 2015, quando um vídeo explicativo de como utilizá-lo foi postado no Youtube.


Como montar um Bullet Journal?
criar bullet journal

Para montar o seu, é necessário inicialmente dois objetos: uma caneta e um caderno de aproximadamente 13x21cm (para caber na bolsa ou mochila) que pode ser quadriculado, pontilhado (estes facilitam a prática) ou até mesmo um moleskine (aqueles cadernos de anotações com capa dura). Segundo o próprio criador do método, “o melhor caderno é o seu favorito”.


Tendo esses objetos em mãos vale, antes de sair escrevendo, definir o objetivo da ferramenta no dia-a-dia, as categorias e espaços que irão ocupar. Por exemplo: pontuar as aulas, videos, leituras, testes e simulados (categoria “estudos”); compromissos em geral (categoria pessoal); pauses para desfocar e relaxar um pouco a mente (categoria lazer). Visualizar o seu dia-a-dia como um todo ajuda - e muito - a otimizar tempo e tarefas, além da própria organização.



Como iniciar o Bullet Journal
montar bullet journal

Daremos aqui uma orientação de como iniciar o seu Bujo.


A primeira folha deve ser, necessariamente, o índice do Bullet Journal. Através dele não haverá confusões pois cada página estará ali destacada e será facilmente encontrada, assim como as extras que podem entrar. Ele pode ser preenchido após as demais estiverem estruturadas.


O segundo passo é criar as legendas. Elas facilitam a divisão e classificação das suas tarefas de acordo com a importância, urgência, tipos de compromissos e categorias, por exemplo. Um círculo, traçado, quadrado para uma checagem posterior, estrela, exclamação para algo importante: todo tipo de símbolo é válido, de acordo com o gosto individual. Canetas marcadoras com cores diversas também auxiliam a identificar as tarefas. O ideal é que não existam símbolos em excesso, para não haver também a perda de tempo posterior ao buscar o significado de cada um.


Vamos agora ao terceiro passo: na folha posterior, coloque os meses do ano com todos os dias do mês e semana (calendário anual). Aqui você indicará compromissos pré-definidos como aniversários, concursos já agendados, provas, testes etc., ou seja, tudo o que já está programado e que poderá ser consultado a qualquer momento.


Na folha seguinte (comece pela esquerda) inicie o mês, efetivamente, listando os dias e os compromissos importantes em cada um. Na direita, coloque seus objetivos e metas daquele mês, com um quadrado ao lado de cada um para ir marcando conforme for atingindo cada um.


O passo seguinte é criar listas diárias de tarefas e objetivos. Aqui entra a particularidade do planejamento prévio das categorias e legendas, citadas anteriormente.


Ao final de cada mês, inicie o próximo de forma a preencher as novas necessidades além, também, de revisar o anterior e trazer novamente como tarefas aquelas que não foram  finalizadas e são consideradas importantes para que os objetivos e metas anuais sejam cumpridas.


Não esqueça de numerar as páginas e fazer o mesmo no índice. E o mais importante, nunca deixe de alimentar o bullet journal, diariamente. Ele será um eficiente guia e certamente, com o tempo e costume, as técnicas de preenchimento e anotações serão aprimoradas e melhoradas de acordo com a rotina e necessidades.



E-mail já cadastrado. ×

Receba nossas novidades


Notícias relacionadas

Concurso INSS: Cespe/UnB pode ser a organizadora da seleção

08/09/2015

5 Dicas para aproveitar seu curso online ao máximo

12/07/2017

Estrangeiro pode prestar concurso público?

12/02/2015

Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.