Entendendo seu cérebro para aprender uma nova habilidade

18/12/2018 Por: Editorial Academia do Concurso
 como aprender

Uma das maiores capacidades humanas é a aptidão de aprender uma nova habilidade, seja uma nova língua, um instrumento musical ou, até mesmo, cantar. Existem pessoas que nasceram com certas vocações, é verdade. Mas todos temos a mesma capacidade de aprendizado, o que diferencia é como aplicamos nisso.  

 

Quanto mais conhecimento adquirimos, mais fácil será entrar com algum diferencial no mercado de trabalho que, hoje em dia, está mais concorrido do que nunca. Porém, aprender algo novo não é tão simples como parece, por isso, entender como nosso cérebro funciona é uma base para mostrar a si mesmo como aprender. 

 

A ciência ainda não conseguiu desvendar os mistérios que cercam o cérebro humano e estamos aprendemos, cada vez mais, sobre ele no decorrer das pesquisas. Portanto, vamos começar falando sobre o que acontece com nosso cérebro quando tentamos adquirir um novo conjunto de habilidades. 

 

Aprendendo 
A ciência provou que quando aprendemos algo novo, nosso cérebro se altera de uma forma bastante substancial, ou seja, quanto mais aprendemos, melhor nossas habilidades ficam em outras áreas, incluindo a melhoria da memória e da inteligência verbal. 

 

De acordo com a Universidade de Cornell, localizada em Nova Iorque, EUA, quando praticamos uma nova habilidade, as regiões do cérebro responsáveis pela atenção e do controle de esforço vão diminuindo sua atividade, ou seja, com a prática, começamos a desenvolver as funções de forma natural. 

 

Em outras palavras, quanto mais experiente você se torna em uma atividade, menos trabalho e esforço seu cérebro deve fazer. Por isso, somos tão bons em certas atividades, que fazemos automaticamente sem ter que pensar muito, como andar de bicicleta ou dirigir. 

 

Não ter medo de errar 

Quando estamos com alguma dificuldade, é comum procurarmos alguém com mais experiência para nos ajudar. Atualmenteacabamos recorrendo à internet a procura de tutoriais, vídeos no Youtube ou guias para iniciar o processo de aprendizado. Isso é bom para quem precisa de um pontapé inicial, porém não devemos depender dessas facilidades, pois não estaremos resolvendo situações por conta própria. 

 

A primeira regra para aprendermos algo difícil é admitir que podemos errar nas primeiras tentativas, portanto, não fique desanimado com as dificuldades que possa enfrentar. 

 

Uma pesquisa realizada no Instituto Nacional de Educação de Cingapura, propôs problemas complexos de matemática para alguns voluntários. Nenhum deles conseguiu apresentar as respostas corretas, todavia, foram capazes de desenvolver diversas ideias sobre a natureza dos problemas e as possíveis soluções de um exercício semelhante, dando-os a chance de aprender e poder executar melhor um desses problemas no futuro. Alguns chamam esse processo de “fracasso produtivo”. 

 

Nem sempre é possível aprender certas coisas por conta própria, porém, quanto mais sozinho você desenvolver uma habilidade, mais facilmente irá aprendê-la. 

 

O aprendizado acontece também em pequenas pausas, portanto, vale mais dividir o estudo entre várias sessões curtas, do que se aprofundar e estudar horas a fio sobre determinado assunto. 

 

Fixando o aprendizado 

De acordo com um estudo publicado pela revista “Science”, pesquisadores da Langone Medical Center, em Nova York, mostram que o sono profundo logo depois de estudar, incentiva o crescimento de conexões entre as células cerebrais, o que ajuda a reter memórias. Isso quer dizer que, estudar antes de dormir pode ser o melhor horário para você aprender. 

 

Outro fator determinante para fixar o aprendizado é praticar os conhecimentos durante seu dia a dia. Isso é essencial para quem quer aprender um novo idioma, quanto mais você exercitar e introduzir a nova língua em seu cotidiano, mais rápido irá fixá-lo em sua cabeça. 

 

A ciência sabe muito pouco sobre o funcionamento de nosso cérebro, porém, é sempre bom estar alerta sobre essas descobertas e usar esse conhecimento ao nosso favor.

Notícias relacionadas

Entenda quais sãos os fatores que podem te impedir de assumir uma vaga em concurso público

16/04/2015

Segundo estudo, escrever à mão é mais eficaz para a fixação do conteúdo

02/08/2017

Dicas simples para aliviar o estresse e melhorar produtividade nos estudos

22/12/2014

Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.