Os erros mais comuns em dissertação de concursos

30/09/2015 Por: Vanessa Cagliari
Os erros mais comuns em dissertação de concursos 

Uma dissertação objetiva, clara, concisa e que atenda aos requisitos exigidos pelo examinador do concurso público exerce um impacto decisivo na aprovação final. Redação exige um bom preparo, uma vez que é uma matéria diferente das outras disciplinas, como por exemplo matemática, que para aprender, é somente necessário assimilar as informações. Já na dissertação, a evolução do domínio da escrita acontece de forma contínua e lenta, escrevendo e reescrevendo, além de ler livros e jornais com frequência.

 

A parte da redação é uma das etapas que mais reprovam os concurseiros, e entre os critérios que podem acarretar na desclassificação estão a fuga ao objetivo e ao tema solicitado no enunciado. Confira, a seguir, os erros mais comuns em dissertação de concursos públicos.

 

Apresentar argumentos frágeis e de senso comum

Uma dissertação de qualidade exige argumentos, explicações originais e concretas. Falsas generalizações e achismos como “antes só do que mal acompanhado” ou “a educação no Brasil é precária” não são considerados argumentos e só empobrecem o texto. No segundo caso, se for pontuar uma situação ou um fato, acrescente dados para sustentar seu ponto de vista.

 

Fugir do tema

A fuga ao tema é uma das falhas mais recorrentes em redações de concursos públicos que pode fazer com o que o candidato tire nota zero. Para não correr esse risco, a dica é ler a proposta no enunciado e grifar as palavras mais importantes.

 

Usar verbos no modo imperativo

Evite utilizar expressões de ordem ou que demonstrem uma conversa com o leitor, como “faça sua parte”. Desta forma, você foge da discussão exigida na dissertação e joga para o leitor a responsabilidade de fazer a reflexão.

 

 

Mesclar pessoas gramaticais

Outro erro muito comum em redação de concursos é iniciar o texto usando “nós”, mudar para a terceira pessoa, e terminar usando “eu”. Isto revela que o candidato não segue uma ideia em uma linha de raciocínio.

 

 

Esquecer a coerência

Um fator que pode comprometer sua redação é construir frases desestruturadas, uma vez que a leitura não flui e, neste caso, há perda de pontos. As informações não podem aparecer jogadas e precisam estar conectadas. Também é essencial não utilizar elementos contraditórios.

 

 

Escrever de forma ilegível

Escrever de forma legível é fundamental para a compreensão total da dissertação, seja a letra cursiva ou de forma. Ao errar uma palavra, risque-a e continue escrevendo depois.

Com informações de G1

 

Notícias relacionadas

Concurso INSS: Cespe/UnB pode ser a organizadora da seleção

08/09/2015

Concurso para Oficial da PM-RJ 2018 tem edital autorizado e previsão para setembro

08/08/2018

5 Dicas para aproveitar seu curso online ao máximo

12/07/2017

Veja o que outras pessoas acham deste conteúdo. Comente você também.